Locomotiva diesel série 340 RENFE

340real

Locomotivas Diesel-hidráulicas RENFE série 340 ex-4000

No Plano Decenal de Modernização 1964-1973 as locomotivas que estavam disponíveis até ao momento não eran suficientes para permitir grandes mudanças nos horários previstos por falta de potência, por isso estudou-se a aquisição de uma locomotiva de grande potência para as linhas Madrid/Zaragoza/Barcelona,Madrid/Alicante e Madrid/Murcia/Cartagena.

Optou-se por material que já estivesse em circulação ou que já estivesse experimentado em alguma rede ferroviária mas que se adaptasse à orografía e clima espanhol.O modelo eleito foi aquele oferecido pelo consórcio alemão LEU e Babcock & Wilcox de Bilbao com uma locomotiva diesel-hidráulica derivada das V220 que se utilizavam na DB e parecidas às locomotivas Talgo que já se utilizavam em Espanha.

O seu depósito foi Madrid Cerro Negro,onde lhes faziam as reparações e manutenção. Entre os comboios puxados por estas locomotivas estava o Puerta del Sol,o Iberia via Aranda, o Lusitânia, os expresos de Madrid a Barcelona via Caspe, expresso Madrid-Cartagena, expressos Bilbao-Barcelona e Irún-Barcelona. Devido à grande potência e rendimento destas locomotivas, RENFE chegou à desacertada conclusão de utilizá-las em comboios pesados de mercadorias chegando a fazer dupla tração com locomotivas a vapor, ao ser uma locomotiva desenhada para comboios de passageiros, causou muitas avarias no seu sistema hidráulico, agravado também pela má manutenção realizada.

Como curiosidades estas locomotivas foram a imagem de modernidade da RENFE no principio da década de 1970, aparecendo em vários filmes. Substituíu o ferrobús Mora/Zaragoza formado por 2 locomotivas, 1 furgão e 3 carruagens da série 5000, devido à rotação de material.

Entre os apelidos mais famosos eram os de “Bruja Avería” (Bruxa avaria), motivado pelas frequentes avarías que tinham,”4000 Krupp” pela sua numeração e fabricante, ”embarazadas” (grávidas) pela forma arredondada dos seus frontais.

O último serviço prestado por esta série foi no dia 5 de Janeiro de 1987  pela 4020 na estação de Valdemoro(Madrid) descarrilando à  entrada da mesma estação, uma vez encarrilada foi rebocada e encostada em Cerro Negro onde foi dada de baixa ao serviço. Actualmente conserva-se no museu de Delicias e a 4026 em Zaragoza em estado de abandono.

Modelo montado

Tudo sobre comboios e complementos de maqueta nas escalas h0, 0 e N

i
d
i
o
m
a
s

Contacto

Déjenos sus datos y en breve nos pondremos en contacto con Usted

Su nombre (requerido)

Su e-mail (requerido)

Asunto

Su mensaje

captcha

Club Platinum